Início » Corregedoria » CGJ entrega Plano de Trabalho para cumprimento de precatórias por videoconferência na 10ª Vara Criminal de Teresina

CGJ entrega Plano de Trabalho para cumprimento de precatórias por videoconferência na 10ª Vara Criminal de Teresina

 
 

Depois de implantar as audiências para cumprimento de cartas precatórias por videoconferência no Piauí, a Corregedoria Geral da Justiça do Piauí entregou oficialmente à 10ª Vara Criminal de Teresina o Plano de Trabalho que deve ser desenvolvido na unidade, no que se refere a essa modalidade de audiência.

O objetivo é dar mais agilidade ao trabalho da 10ª Vara, acelerando o andamento de processos, tanto dos que dependem de carta precatória para a capital, quanto de crimes de ordem tributária do Estado, que também é de responsabilidade da unidade. Pelo plano de trabalho, as audiências que estão com pendência de agendamento na 10ª vara criminal devem ser colocadas em pauta até o recesso natalino.

Para facilitar a logística e auxiliar a unidade a colocar as videoconferências na sua rotina de trabalho, a Corregedoria produziu um plano de trabalho dividido em etapas. “O objetivo é conciliar as audiências presenciais realizadas pelo juízo deprecado e as audiências por videoconferência realizadas pelo juízo deprecante, simultaneamente, de modo a introduzir o sistema audiovisual na rotina da vara, diminuindo o trâmite e os custos do processo. A meta é que até final do ano esse processo esteja concluído”, explica Fernanda Lima Castelo Branco, servidora da CGJ.

Por mês, cerca de 500 novas cartas precatórias chegam à 10 ª Vara. “O número é grande e crescente. Ao diminuir a sobrecarga das cartas precatórias, todos ganham e vamos poder nos dedicar ainda mais às matérias de origem da Vara, que processos complexos, que precisam de uma grande dedicação”, destaca o juiz titular da 10ª Vara, Antônio Lopes de Oliveira.

Confira o Manual aqui:

http://Manual Videoconferencia final

 

 

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email