Início » Corregedoria » Começa nesta segunda (10) o treinamento para as novas centrais de mandados
 

Começa nesta segunda (10) o treinamento para as novas centrais de mandados

Teresina e Corrente recebem nessa segunda (10) o treinamento de oficiais de Justiça e servidores das secretarias das comarcas do interior do estado para atuarem nas novas centrais de mandado. Ao todo, serão quatorze oficinas regionalizadas, em que os servidores da Corregedoria Geral da Justiça do Piauí, com apoio da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação do Tribunal de Justiça vão preparar os participantes para usarem as novas ferramentas disponíveis, além de entregar o novo

Manual do Oficial de Justiça do TJ-PI, elaborado pela CGJ com as orientações mais importantes sobre os procedimentos, modelos de certidões e legislação.

Nesta quinta-feira, os servidores que realizarão o treinamento e os que criaram o sistema operativo das novas centrais se reuniram para acertar os últimos detalhes das oficinas.

Para o Corregedor Geral da Justiça, desembargador Hilo de Almeida Souza, as novas centrais vão dar agilidade ao trabalho dos oficiais de justiça. “As comarcas do interior passam a contar com centrais de mandados regionais, interativas e unificadas. Essas centrais foram distribuídas de acordo com as necessidades de cada região, descentralizando a atuação dos oficiais e priorizando a cooperação e a colaboração entre as regiões”, destaca o desembargador.

O juiz auxiliar da CGJ, Dr. Luiz Moura explica que antes das novas centrais, quando algum oficial de justiça do interior se ausentava, era feita uma solicitação para que a Corregedoria providenciasse a substituição. “Agora isso passa a ser resolvido de forma automática entre as centrais próximas e a Corregedoria não precisará mais deslocar um carro da capital”, garante o magistrado.

Ele ainda ressalta que as centrais não contarão com instalação física específica, mas funcionarão virtualmente e em caráter excepcional e temporário. “As interativas vão funcionar em regime de cooperação, com escalas sistemáticas. As regionalizadas passam a funcionar com uma central principal, com mais oficiais de justiça, dando suporte às comarcas do entorno, caso necessário. Além disso, foram implantadas centrais de mandados no interior, que passam a reunir todos os mandados das unidades judiciárias (Varas e Juizados), a fim de distribuir o volume de trabalho por servidor de forma equânime”, ressalta.

O novo sistema de Centrais de Mandados foi resultado de um amplo estudo feito pelos servidores da Corregedoria Geral de Justiça, com a participação do Sindicato Estadual de Oficiais de Justiça do Estado do Piauí e da Associação dos Magistrados do Piauí, passando a funcionar depois que os oficiais de Justiça e servidores das secretarias estiverem devidamente treinados.

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email