Início » Corregedoria » Corregedor Geral da Justiça recebe título de cidadão cocalense nesta sexta-feira (23)
 

Corregedor Geral da Justiça recebe título de cidadão cocalense nesta sexta-feira (23)

Os vereadores Tarcísio Brandão, Douglas Lima e Chico do Nego (de amarelo); com o Corregedor Geral da Justiça, Hilo de Almeida Sousa e o prefeito Rubens Vieira

O Corregedor Geral da Justiça, desembargador Hilo de Almeida Sousa recebe na próxima sexta-feira (23) o título de Cidadão Cocalense. A solenidade acontece às 19h, na Câmara Municipal de Cocal.

De acordo com o vereador Douglas Lima (PSDB), que propôs o título, a comenda é o reconhecimento ao trabalho do desembargador no município, desde quando era Promotor de Justiça. “O Desembargador Hilo de Almeida começou por Cocal sua trajetória. Foi sua primeira comarca, ainda no início dos anos 80. Sem dúvida tem o reconhecimento de nossa gente”, disse o vereador.

Para o prefeito da cidade, Rubens Vieira, a entrega do título é uma oportunidade para fortalecer os laços com a região. “Desde que soube da história do Corregedor Geral da Justiça com a cidade, nos esforçamos para ver esse título ser concretizado. Com certeza, esse trabalho por Cocal só está começando”, disse o prefeito.

Além de receber o título na sexta-feira, o Corregedor Geral da Justiça também fará abertura oficial do projeto piloto do Serviço Integrado Multidisciplinar, que vai implantar no Fórum da comarca o serviço de recepção humanizada, escuta ativa, orientação, prevenção e outras medidas voltadas à mulher, ao idoso e às crianças afetadas por algum tipo de violência, ou que precisem de uma atenção diferenciada por parte do Poder Judiciário.

“O primeiro contato com a Justiça é através das unidades onde as pessoas procuram ajuda. É importante que esse lugar seja de acolhimento e acompanhe cada caso em especial, com a atenção que essas pessoas precisam e merecem. Quis o destino que a primeira comarca a receber esse serviço tenha sido a cidade de Cocal, onde comecei minha carreira, ainda como Promotor de Justiça. Na cidade, a parceria do prefeito Rubens Vieira e do juiz Carlos Augusto Arantes Júnior foram essenciais para a concretização do serviço. Do prefeito, porque a Prefeitura designou os profissionais como Psicólogo e Assistente Social para trabalharem no projeto; e do nosso magistrado, que não mediu esforços para que o Fórum pudesse receber esse serviço”, explica o corregedor Geral da Justiça, o desembargador Hilo de Almeida Sousa.

 

 

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email