Início » Coordenadoria da Mulher/TJPI » Coordenadoria da Mulher faz manhã de conscientização dos servidores do TJ-PI para combater a violência contra a mulher
 

Coordenadoria da Mulher faz manhã de conscientização dos servidores do TJ-PI para combater a violência contra a mulher

“Temos que cuidar da nossa casa também”. Foi assim que a assistente social Leina Mônica, integrante da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), descreveu a inspiração para ato de mobilização da campanha “Laço Branco”, executado nesta terça-feira (10), em diversos setores do Palácio da Justiça. O objetivo da atividade foi sensibilizar os homens que trabalham TJ-PI quanto ao engajamento pelo fim da violência contra a mulher.

A campanha do Laço Branco, criada por homens canadenses, está presente em mais de 50 países, e é apontada pela Organização das Nações Unidas (ONU) como uma das maiores iniciativas mundiais direcionadas para a temática do envolvimento de homens com a violência contra a mulher. A mobilização tem como lema “jamais cometer um ato violento contra as mulheres e não fechar os olhos frente a essa violência” e surgiu após o genocídio de 14 mulheres na cidade canadense de Montreal no ano de 1988.

No TJ-PI, servidores e colaboradores receberam panfletos e participaram de uma pequena palestra de conscientização sobre o papel do homem no combate à violência contra a mulher. “Muitos homens pensam que porque não são casados o combate ao machismo não é com eles. Mas quando você vai ver, mesmo que não sejam casados, são pais, são irmãos, são vizinhos de mulheres”, afirma Leina Mônica.

Para o servidor Leonne Pires, a ação lhe fez refletir sobre seu papel como homem. “Essa palestra me fez sentir responsável. Eu percebo que eu posso ser útil observando ou denunciando pessoas que cometem esse tipo de agressão”, disse.

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email