“Desafio dos 21 dias”: Nupemec conclui campanha voltada à reflexão sobre temas relacionados à gratidão e à solidariedade

 
 

Gratidão, desapego e gentileza foram alguns dos temas trabalhados ao longo do “Desafio de 21 Dias” promovido, desde 6 de julho, pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI)  em seu perfil na rede social Instagram (@nupemectjpi). A atividade foi concluída nesta sexta-feira (31) e teve como objetivo levar os servidores do Poder Judiciário piauiense e cidadãos em geral à reflexão sobre valores universais, incentivando-as à prática de hábitos saudáveis como a leitura de livros, a prática do perdão e da doação.

A cada dia, o movimento tratou de um tema específico, com enfoque na motivação do público para aquela determinada causa; um dos destaques foi a campanha de doação de roupas, que integrou o 3º dia do Desafio. Nesta campanha, vigente entre os dias 13 e 17 deste mês, o foco era conseguir o engajamento de uma quantidade suficiente de seguidores para doarem roupas e calçados a pessoas em situação de vulnerabilidade.

Outras ações buscaram despertar o interesse dos usuários para questões ligadas à humanização, à importância de visitar um abrigo de animais, à adesão a uma alimentação mais saudável, e, ainda, à adoção de atitudes voltadas à saúde mental e ao equilíbrio, ao exercício da responsabilidade, da gentileza e do ato de perdoar.

Para o coordenador de Políticas Judiciárias do TJ-PI, Rinaldo Sousa, todas essas ações são ainda mais importantes diante do cenário que estamos passando. “Vivemos um período difícil por conta da pandemia e isolamento social. A ideia foi levar para as pessoas descontração e motivos para fortalecer a mente e estimular a busca por mais qualidade de vida”, pondera. “Durante esse tempo, você aprendeu a olhar para o próximo com mais amor, a ser gentil, a reativar amizades, a doar, a compartilhar, a inspirar outras pessoas, a elogiar a si mesmo, a ter a vida mais leve, a ser grato, a se cuidar. Isso é maravilhoso e inspirador, mas você não conseguirá continuar a voar se estiver preso”, acrescenta Rinaldo Sousa, agradecendo a todos que compartilharam um momento para ler e participar dos desafios.

 

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email