Início » Corregedoria » Fórum Fundiário dos Corregedores do Matopiba apresentará artigo na Conferência Anual do Banco Mundial, nos EUA

Fórum Fundiário dos Corregedores do Matopiba apresentará artigo na Conferência Anual do Banco Mundial, nos EUA

 
 

O Fórum Fundiário dos Corregedores Gerais do Matopiba teve artigo aprovado para apresentar suas iniciativas na 21ª Conferência Anual do Banco Mundial sobre Terra e Pobreza, que acontece em março de 2020, em Washington, nos EUA. A experiência do Fórum, que reúne os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, concorreu com mais de 1200 trabalhos inscritos de todo o mundo.

Para o Corregedor Geral da Justiça do Piauí, desembargador Hilo de Almeida, que é presidente do Fórum Fundiário, a seleção reafirma o caráter inovador e decisivo do grupo. “Tem chamado atenção no mundo o fato do Poder Judiciário ser o protagonista das discussões para a criação do marco legal da regularização fundiária, numa região que é a última fronteira agrícola do Brasil. É isso que vamos apresentar nos EUA. Sem dúvida, essa seleção é motivo de grande orgulho e muita responsabilidade”, disse.

Em 2020, o tema da Conferência será: Instituições para Equidade e Resiliência e deve apresentar as mais recentes pesquisas e inovações em políticas e boas práticas em governança de terras em todo o mundo. “Essa conferência se tornou um dos maiores eventos internacionais sobre governança fundiária, atraindo mais de 1.400 participantes de governos, acadêmicos, sociedade civil e setor privado. Em 2019 pudemos participar e, além de aprender muito, pudemos avançar no fortalecimento de parcerias importantes, especialmente para o Piauí, como com o Banco Mundial e FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura).

O resultado da aprovação do artigo saiu na última terça (3), através de e-mail enviado ao Exmo. Corregedor Geral da Justiça do Estado do Piauí, Des. Hilo de Almeida Sousa, presidente do Fórum Fundiário dos Corregedores Gerais do MATOPIBA. A apresentação que foi inscrita como Pôster será exibida no Atrium do Banco Mundial durante a conferência, que ocorrerá entre os dias 16 a 20 de março de 2020.

Lei de Regularização Fundiária

A seleção do artigo coincide com a aprovação do projeto de lei sobre a Política Estadual de Regularização Fundiária, essa semana, no Plenário da Assembleia Legislativa do Piauí. Agora, o projeto segue para sanção do governador Wellington Dias, e substituirá a atual lei 6.709/2015, que trata da regularização fundiária no Piauí, sob responsabilidade do Instituto de Terras do Piauí (Interpi). Todo estudo, discussões e construção da minuta do Projeto de Lei foi capitaneado pelo Núcleo de Regularização Fundiária, órgão da Corregedoria Geral de Justiça, em parceria com o Interpi.

 

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email