Início » Notícias TJPI » Magistradas do TJ-PI serão empossadas como integrantes da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica –Piauí
 

Magistradas do TJ-PI serão empossadas como integrantes da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica –Piauí

As magistradas Keylla Ranyere Lopes Teixeira Procópio, Carmen Maria Paiva Ferraz Soares e Mariana Machado, do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), serão empossadas, nesta segunda-feira (29), como integrantes da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ) – Comissão Piauí. O evento acontece no auditório do TJ-PI, a partir das 19h. Serão homenageadas durante a solenidade, a desembargadora Eulália Pinheiro e a juíza Maria Luíza de Moura Melo e Freitas, presidente de honra da entidade.

A Associação tem abrangência nacional, sendo formada por mulheres de destaque em cargos de natureza jurídica e que atuam na busca pela consolidação da Justiça. Dentre as atribuições das Comissões Estaduais da ABMCJ, estão: efetivação de ações que visem à defesa e à promoção dos direitos da mulher, conscientização dos direitos e deveres como cidadãs e incentivo à participação efetiva na luta comum para uma cultura de paz, defesa do princípio da não discriminação, buscando promover a igualdade de direitos inerentes à pessoa humana, promoção e elaboração de teses de caráter jurídico e social sobre a mulher, pesquisando a legislação nacional e internacional,

“O objetivo é restaurar esse trabalho no Estado, das mulheres que atuam na carreira jurídica; são mulheres que atuam nas diversas áreas – ministras, delegadas, desembargadoras, magistradas, promotoras, advogadas, que se reúnem para tratar sobre assuntos focados no trabalho da mulher na carreira jurídica”, explica a juíza Keylla Ranyere, membro do Conselho Consultivo da ABMCJ-PI, ressaltando que esse encontro marca a retomada das atividades jurídicas da comissão no Estado.

Durante o ato solene serão homenageadas mulheres integrantes da Associação no estado do Piauí. “A entidade tem um legado bastante significativo no estado do Piauí. No passado, enquanto presidente da entidade, a juíza Maria Luíza Freitas, titular da 1ª vara da Infância e Juventude, agregou bastante à organização, inclusive com o feito de eventos de porte nacional. Mas depois a Associação esteve desativada um tempo. Agora, com esse encontro, formamos a Diretoria e poderemos começar a desenvolver atividades”, explica a magistrada Keylla Ranyere.

Diretoria

Compõem a Diretoria da AMBCJ – Comissão Piauí, a advogada Eduarda Mourão Eduardo Pereira, como presidente; a juíza Carmen Maria Paiva, como vice-presidente; as secretarias da Diretoria, a advogada Osma Viana de Oliveira e a delegada de Polícia Civil Maria Vilma, respectivamente; e como tesoureiras, a promotora de Justiça Myriam Lago e a defensora pública Ana Patrícia Salha. Já a juíza Mariana Machado integra o Conselho Fiscal da entidade.

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email