Nupemec promove live sobre “Igualdade de Gênero” neste sábado (12), com participação da delegada Anamelka Cadena

 
 

Neste sábado (12), a partir das 16h, o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça do Piauí (Nupemec/TJ-PI) promoverá, em sua conta oficial no Instagram @EquipeNupemecTJPI a live “Igualdade de gênero: representatividade feminina na tomada de decisões”. A atividade integra a campanha Conhecendo a Agenda 2030, promovida pelo órgão, que nessa semana divulga 5º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) proposto pela Agenda 2030: “Igualdade de Gênero”. O bate-papo será conduzido pela juíza coordenadora do Nupemec, magistrada Lucicleide Pereira Belo, e pela delegada da Polícia Civil do estado do Piauí, Anamelka Cadena.

Durante o evento on-line, as convidadas contextualizarão a participação das mulheres nos eixos econômico e profissional no cenário atual do mercado de trabalho, tratando sobre os direitos assegurados a esse público e destacando a importância do conhecimento desses direitos em prol de uma sociedade mais justa e igualitária..

A magistrada Lucicleide Belo pontua os principais questionamentos que serão respondidos e esclarecidos neste encontro. “Então a pergunta que fazemos é: O que nós estamos fazendo para equilibrar homens e mulheres no poder? Com a ajuda da delegada, que já tem um currículo bom nessa questão, queremos mostrar todo o poder que a mulher tem hoje. Como a sociedade vê a mulher hoje? Há espaço de falas para elas? Elas se sentem confortáveis no papel que desempenham? Quais movimentos existem hoje que favorecem o papel da mulher e podem colaborar com a igualdade? Todos os pleitos de homens e mulheres são atendidos de forma igualitária? O nosso objetivo é mostrar a Agenda 2030 e chamar a atenção da sociedade para isso”, pontua.

Convidadas

Lucicleide Pereira Belo é juíza de direito titular da 8ª Vara Cível da comarca de Teresina-PI; juíza coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí; juíza eleitoral da 97ª Zona Eleitoral do Estado do Piauí.

Anamelka Cadena, Delegada de Polícia Civil PC/PI. Atuou durante 10 anos como Delegada em unidades especializadas de atendimento à mulher, inclusive. Delegacia Especializada em Feminicídio. Foi Delegada Regional; Diretora Estadual do Departamento Estadual de Proteção à Mulher e Sub-Secretária de Segurança do Estado do Piauí. Colaborou em projetos da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, no que tange ao enfrentamento à violência contra mulher.

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email