Pleno do TJ-PI aprova promoção e remoção de sete magistrados

 
 

O Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI) aprovou, durante sessão administrativa realizada nesta segunda-feira (29), a promoção de cinco magistrados e remoção de dois juízes. A escolha foi feita levando em consideração critérios de merecimento e antiguidade.A análise de dados e confecção das fichas funcionais dos juízes concorrentes foi feita pela Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Piauí (CGJ-PI), por meio de seu Departamento de Serviços Judiciários e Cartorários.

Foram promovidos os magistrados Leonardo Brasileiro, por merecimento, da Vara Única de Castelo do Piauí, de entrância intermediária, para a 2ª Vara comarca de Picos, de entrância final; e Diego Ricardo de Melo Almeida, por antiguidade, do Juizado Especial Cível e Criminal da comarca de Pedro II, de entrância intermediária, para a Vara Única da Comarca de Matias Olímpio, de entrância inicial.

O juiz Igor Rafael Carvalho, de entrância intermediária, foi promovido, por merecimento, para a Vara Única da comarca de Corrente, de entrância final. O magistrado Ermano Chaves Portela Martins, de entrância inicial, foi promovido, por merecimento, para a Vara Única da comarca de São João do Piauí, de entrância intermediária. O juiz Robledo Moraes Peres de Almeida, foi promovido, por merecimento, para a Vara Única da comarca de Caracol, de entrância inicial.

Já os magistrados Thiago Coutinho Oliveira e Patrícia Luz Cavalcante, de entrância intermediária, foram removidos, por merecimento, para a Vara Única da comarca de Pio IX e para 2ª Vara da comarca de São Raimundo Nonato, ambas de entrância intermediária.

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email