Questionário de Identificação de Riscos – Covid-19: colaboradores da Justiça têm até dia 1.º para responder pesquisa

 
 

Servidores, magistrados, terceirizados e estagiários têm até o dia 1.º de junho para responder o questionário avaliativo para o retorno das atividades presenciais no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI). O questionário, desenvolvido pelo Grupo de Trabalho encarregado do assunto, traz 15 perguntas para o colaborador da Justiça relativas à atividade profissional e às condições de saúdes do questionado — dentre as quais, tipo sanguíneo, possíveis fatores de risco que possam facilitar a contração da doença (como tabagismo, diabetes ou hipertensão), entre outros tópicos.

“A resposta desse questionário é essencial para formarmos um panorama do atual estado de saúde dos nossos colaboradores e, assim, planejarmos o retorno seguro, tão logo seja viável, das atividades presenciais do Tribunal”, disse o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí. “Portanto, peço a todos os magistrados, servidores, terceirizados e estagiários do TJ-PI que respondam com muita atenção a essa pesquisa”, completou.

De acordo José Airton Medeiros, juiz auxiliar da Presidência do TJ-PI e coordenador do GT, essas perguntas servirão para dar um panorama mais definido da saúde do servidor e do magistrado que compõe a Justiça piauiense. “Nós precisamos de um quadro mais detalhado da saúde do servidor e do magistrado para avaliarmos as condições de retorno às atividades presenciais”, esclareceu. O magistrado também reforçou que quando do retorno às atividades presenciais, “não será necessário apresentar atestado de saúde: o questionário auto-avaliativo será suficiente para o tipo de tratamento que será feito”.

O TJ-PI se encontra em regime de teletrabalho desde 17 de março, seguindo as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) a respeito do combate à pandemia do Covid-19, e também as orientações emanadas pelo Ministério da Saúde, bem como as recomendações da Resolução n.º 313/20, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Está em vigor, desde 25 de maio, a Portaria n.º 1547/2020, que prorrogou o regime de teletrabalho no TJ-PI até o dia 14 de junho. Este prazo poderá ser ampliado ou reduzido por ato da Presidência e da Corregedoria, caso necessário.

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email