Stic: com foco em trabalhos de evolução do PJe, assistência ao usuário é reduzida

 
 

Em virtude dos trabalhos de evolução do sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe) para a versão 2.1, no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), servidores e colaboradora da Secretaria de Tecnologia da Comunicação e da Informação (Stic) estão atuando, desde o ultimo final de semana, com foco prioritário na estabilização do sistema. Por conta disso, o serviço de assistência ao usuário passa, momentaneamente, por limitações.

“Sabemos do empenho e preocupação de todos com o andamento dos processos, entretanto, alguns ajustes ainda precisam ser feitos no PJe 2.1, demandando tempo e força de trabalho do pessoal da nossa TI, o que impede o atendimento imediato da maioria dos pedidos que estão sendo dirigidos à Stic neste momento”, explica o magistrado José Aírton Medeiros, juiz auxiliar da Presidência do TJ-PI.

Desde a última segunda-feira (23), está no ar e disponível aos usuários do TJ-PI a versão 2.1 do PJe, mais robusta que a versão 2.0. Além de contar com novas funcionalidades, os dados do Judiciário Piauiense no PJe estão agora armazenados no datacenter da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev).

“Por conta de todo esse processo, solicitamos aos usuários que aguardem, ao menos, um tempo razoável para o atendimento das demandas dirigidas à Secretaria de Tecnologia”, reitera o magistrado José Airton Medeiros.

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email