Início » Destaques » Campanha contra a gripe: Comarca de Picos e MPE-PI promovem a aplicação de mais de 100 doses de vacina
 

Campanha contra a gripe: Comarca de Picos e MPE-PI promovem a aplicação de mais de 100 doses de vacina

A direção do Fórum da comarca de Picos (a 320 km de Teresina), em parceria com o Ministério Público do Estado do Piauí (MPE-PI), promoveu, na manhã desta sexta-feira (10), a vacinação contra gripe para seus servidores no auditório do Fórum. Ao todo, 103 doses de vacina foram aplicadas. A ação foi realizada com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Picos, a fim de colaborar com a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, iniciada no dia 10 de abril.

Foi bastante gratificante promover essa ação em parceria com os membros do Ministério Público. Especialmente no interior, as pessoas podem estar mais sujeitas ao contato com esses vírus, por isso foi de suma importância proporcionar a vacinação de servidores da comarca e do MPE-PI”, pontua o magistrado Fabrício Paulo Cysne de Novaes, diretor do Fórum da comarca de Picos.

Na oportunidade, foram distribuídos ainda brindes e chocolates às mães, em alusão ao Dia das Mães, comemorado anualmente no segundo domingo do mês de maio.

Estiveram presentes o magistrado Fabrício Paulo Cysne de Novaes, o juiz Adelmar de Sousa Martins e o juiz Antônio Genival Pereira de Sousa. Também estiveram presentes os promotores Antonio César Barbosa e Itanieli Rotondo Sá, o secretário municipal de saúde, Waldemar Santos Junior, o procurador municipal Maycon Luz, a coordenadora municipal de imunização, Valdivânia dos Santos Pacheco, e a supervisora Maria Fontes Damasceno.

Campanha

Reduzir o número de complicações, internações e até mesmo óbitos por consequência da Influenza. Esse é o foco da Campanha, que disponibilizará, até o dia 31 deste mês, vacinação gratuita para grupos prioritários, em todo o país. A vacina protege contra três vírus: H1N1, H3N2 e vírus influenza B.

Inicialmente, os grupos atendidos com maior prioridade pela Campanha são crianças entre 1 e 6 anos de idade, gestantes e puérperas, além de idosos. Outros grupos que serão assistidos são povos indígenas, trabalhadores da saúde, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com doenças crônicas ou imunidade baixa, jovens sob medidas socioeducativa, funcionários do sistema prisional, pessoas privadas de liberdade, profissionais das forças de segurança e salvamento (policiais, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas).

 

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email