Início » Destaques » TJ-PI implanta sistema para usuários registrarem ocorrências de TI
 

TJ-PI implanta sistema para usuários registrarem ocorrências de TI

O Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI) implantou, nesta terça-feira (9), o sistema de gerenciamento de chamados GLPI, visando ao aumento da eficiência na gestão da infraestrutura de Tecnologia da Informação (TI) e consequente satisfação dos usuários e clientes com relação à qualidade dos serviços. Magistrados, servidores e usuários externos ao TJ-PI poderão registrar chamados técnicos por meio do formulário eletrônico disponibilizado na página eletrônica do TJ-PI (confira abaixo as instruções para o registro das ocorrências).

A Portaria n° 1140/2019, publicada no Diário da Justiça desta segunda-feira (8), dispõe sobre as alterações das regras básicas de controle e atendimento técnico a ser realizado pela Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (STIC), regulamentando que “o usuário que necessitar de atendimento técnico objetivando a instalação, configuração ou manutenção corretiva em equipamentos de Tecnologia da Informação, bem como na resolução de problemas, incidentes e relatórios em softwares homologados e instalados pela STIC, deverá abrir um chamado técnico diretamente em software próprio disponibilizado para esta finalidade”.

O usuário poderá registrar dois tipos de ocorrências. São elas: “Incidente” e “Requisição de Serviço”. O primeiro chamado pode ser registrado quando algo impede o funcionamento normal de um computador ou sistema, como, por exemplo, quando o computador não está ligando, está sem acesso à internet ou aparece algum tipo de erro ao efetuar uma tarefa no sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe).

A ocorrência “Requisição de Serviço” está relacionada a demandas que não têm impacto direto no serviço que o usuário executa no dia a dia, como substituição do computador, troca de toner, instalação de um programa e situações semelhantes.

As ocorrências que dependerem de autorização formal, tais como criação de usuário e emissão de certificados digitais, devem continuar sendo direcionadas para as devidas unidades para anuência (Presidência ou Corregedoria Geral da Justiça).

O acesso dos usuários externos poderá ser feito diretamente por meio do link. Já os usuários internos (magistrados e servidores) poderão fazer a ocorrência utilizando o mesmo login e senha dos sistemas SEI e Intranet, por meio do seguinte passo a passo:

1°. Passo:

Acesse a página do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí.

2°. Passo:

Clique no banner “Central de Serviçose insira suas informações.

No rodapé da página de login do sistema GLPI estão disponíveis também vídeos tutoriais com o passo a passo da utilização do sistema. 

Sistema GLPI

O novo sistema tem como benefícios ainda o planejamento adequado das mudanças no ambiente de T.I do TJ-PI, bem como, a diminuição dos custos operacionais e a exata avaliação dos resultados dos processos da área de T.I, para a sua devida resolução.

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email