Início » Notícias » TJPI promove 2º Mutirão de Audiências Concentradas de Infância e Adolescência
 

TJPI promove 2º Mutirão de Audiências Concentradas de Infância e Adolescência

Aconteceu na manhã desta segunda-feira (10), no auditório do Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), a cerimônia de abertura do 2.º Mutirão de Audiências Concentradas da Infância e Juventude, uma realização da Coordenadoria Estadual da Infância e da Juventude do Poder Judiciário piauiense (Cejij-PI). Estiveram presentes à abertura o desembargador Ricardo Gentil, supervisor do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário do Estado do Piauí (GMF-PI), o desembargador Raimundo Alencar, coordenador da Cejij-PI, a magistrada Maria Luíza Freitas, da 1.ª Vara da Infância e Juventude da comarca de Teresina, e representantes de instituições de proteção e acolhimento de crianças e adolescentes.

O mutirão é uma ação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e acontece nacionalmente. Para a juíza Maria Luíza Freitas, esta é uma tentativa de trazer mais dignidade e atenção às crianças em situação de risco no país. “Por causa disso”, diz a magistrada, “foi recomendado que os juízes, durante os meses de abril e outubro, deslocassem-se com suas equipes para os abrigos para avaliar a situação pessoal e processual das crianças que vivem nessa situação.”

Para a juíza, o mutirão pode ser classificado como um desafio: “A demanda é muito grande; são 14 abrigos (em Teresina) e mais de 300 crianças — e os atendimentos são feitos de forma individualizada. Estamos montando stands no local dos abrigos, mas também estaremos realizando atendimentos aqui, no auditório do Pleno do TJ-PI e no Fórum de Teresina.”

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email