Diário da Justiça  
             

Notícias Vagas abertas (04/04/2017 - 12:22)

EJUD abre inscrição de curso em parceria com a ESMAM para magistrados

Será ministrado, via cooperação técnica entre a Escola Judiciária do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí - EJUD/TJPI e a Escola Superior da Magistratura do Estado do Maranhão - ESMAM, de 10 a 12 de maio, curso de formação continuada para os magistrados piauienses e maranhenses – Pólo de Caxias (Comarcas de Caxias, Coelho Neto, Codó, Matões, Parnarama e Timon), com tema “Aspectos Atuais do Direito dos Contratos”, tendo como ministrante o Professor Doutor e Mestre em Direito Civil Alexandre Dartanhan de Mello Guerra, Juiz de Direito da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Sorocaba – SP.

 

O curso terá como objetivo capacitar aos magistrados no que concerne à análise de contratos e a aplicação do Direito Contratual na visão do Direito Civil.

 

A abertura do evento acontecerá no Plenário do Tribunal de Justiça do Estado, às 19h00 horas do dia 10 de maio, com uma palestra inaugural, sob a mesma temática, pelo conceituado Doutor e Mestre em Direito Civil, com entrada franqueada a todos os interessados (estudantes, servidores e profissionais).

 

As aulas serão ministradas na sede da Escola Judiciária do Estado do Piauí, nos dias 11 e 12 de maio, nos horários das 09h00 às 12h30 horas e das 14h00 às 19h00.

 

Serão disponibilizadas vinte vagas pela ESMAM à EJUD/TJPI.

 

A parceria foi formalizada pelo desembargador Fernando Lopes e Silva Neto, Diretor Geral da EJUD/TJPI, e o desembargador Paulo Sergio Velten Pereira, Diretor Geral da ESMAM.

 

Associa-se à aludida parceria a Escola Superior da Magistratura do Estado do Piauí – ESMEPI, através de seu Diretor Geral, desembargador Edvaldo Pereira de Moura.

 

As inscrições dos magistrados do Estado do Piauí serão realizadas no período de 3 a 18 de abril , preenchendo o FORMULÁRIO DISPONIBILIZADO AQUI.

 

As despesas de deslocamento e hospedagem ficarão a cargo do magistrado participante, uma vez que, não se trata de convocação.

 

A participação do magistrado inscrito no curso dependerá de prévia autorização do Presidente ou do Corregedor Geral de Justiça do Estado do Piauí.

 


Fonte: EJUD