O Tribunal de Justiça do Piauí realizou, na manhã desta sexta-feira (29), a segunda Reunião de Análise da Estratégia-RAE do ano de 2022, em ambiente virtual. A atividade foi coordenada pelo Comitê Gestor da Estratégia do TJPI, o mais importante comitê deliberativo do TJPI.

Na pauta da Reunião de Análise da Estratégia-RAE, assuntos como o Boletim Estatístico, o painel de monitoramento de processos baixados, a projeção de processos a serem baixados até o fim do ano e o Prêmio Mais Justiça.

“Nossa gestão tem seguido à risca o planejamento proposto para o biênio 2021-2022. Estamos conseguindo, num esforço conjunto, realizar as ações propostas, monitorá-las e mensurar seus resultados. Nessa reta final da gestão, contamos com todos os magistrados e magistradas, servidores e servidoras para avançarmos ainda mais, alcançando as metas a que nos propusemos, bem como aquelas propostas pelo Conselho Nacional de Justiça-CNJ, no que diz respeito aos macrodesafios do Judiciário”, ressaltou o desembargador José Ribamar Oliveira, presidente do Tribunal de Justiça do Piauí e do Comitê Gestor da Estratégia do TJPI.


A secretária de Gestão Estratégica do TJPI, Lanny Cléo, destacou que as iniciativas estratégicas que estão acontecendo no âmbito da Justiça no Piauí em 2022 seguem o passo a passo da metodologia de gestão por projetos e que até dezembro muitos outros projetos devem ser concluídos.

“Muitos dos projetos planejados para esse biênio já foram executados e muitos outros estão ainda em andamento. O Tribunal de Justiça do Piauí trabalha de forma coesa e constante, sempre pautado na excelência da prestação jurisdicional. Servidores e magistrados são incentivados a contribuir com a gestão, elaborando e executando projetos que visam à melhoria da qualidade dos serviços oferecidos à sociedade”, destacou Lanny Cléo.

Sobre o Prêmio Mais Justiça, a secretária destacou que, para concorrerem à categoria Inovação, os magistrados (as) e servidores (as) devem inserir projetos no Banco de Boas Práticas do TJPI até o dia 30 de setembro.