Início » Corregedoria » Na Espanha, Corregedor Hilo de Almeida conhece a experiência em Cadastro e Ordenamento Territorial da Universidade de Jaén

Na Espanha, Corregedor Hilo de Almeida conhece a experiência em Cadastro e Ordenamento Territorial da Universidade de Jaén

 
 

O Corregedor Geral da Justiça do Piauí, acompanhado do juiz auxiliar Luiz de Moura e do consultor do Banco Mundial com atuação no Núcleo de Regularização Fundiária, Richard Torsiano estão na Espanha, onde participam do Seminário Interamericano de Cadastro, que acontece da cidade de Granada.

A comitiva piauiense, começou a viagem pela Universidade de Jaén, na região da Andaluzia, em reunião com o Comitê Permanente do Cadastro Ibero Americano, para conhecer os programas da Universidade para projetos de ordenamento territorial e regularização de terras. A reunião aconteceu a convite do professor Manuel Alcazer, uma das maiores autoridades do assunto na Espanha. “A Universidade de Jaén estuda o que existe de mais atual existe sobre a criação e organização de cadastro, que é o grande desafio para o Piauí, especialmente no que se refere à regularização fundiária urbana. Por isso, antes do evento em si, aceitamos o convite do professor, que nos apresentou ao Comitê, que por sua vez se comprometeu em abrir as portas junto a organismos internacionais, tais com ONU, Banco Mundial, FAO no sentido de auxiliar o Piauí e toda região do Matopiba nesse processo”, explica o desembargador Hilo de Almeida Souza.

Para o juiz auxiliar da CGJ-PI, Luiz Moura, esse é o momento de tirar dúvidas e encontrar atalhos para acelerar o processo nos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, que juntos formam o Matopiba. “É um desafio em comum, por isso vários membros do Matopiba vieram para Espanha aprender o que pode ser usado na nossa região. A convite do professor Manuel Alcazar, que é coordenador do Mestrado em Cadastro, Avaliação e Ordenamento Territorial, viemos até a Universidade de Jaén e saímos daqui realmente empolgados com o que aprendemos e com o possível apoio técnico”, destacou o magistrado.

Ainda durante a reunião com o comitê, a delegação piauiense participou do lançamento de uma das principais revistas de ciências agrárias da Europa, a International Mapping sobre el Catastro en IberoAmérica, que conta com um artigo do consultor do Núcleo de Regularização Fundiária, Richard Torsiano. “Fazer esse intercâmbio e conhecer a experiência exitosa da Europa é essencial. Aqui se dispõe de tecnologia que pode, na prática, ser um importante apoio aos países de América Latina nesse processo de cadastro de terra”, destacou Torsiano.

A comitiva segue até amanhã conhecendo a problemática cartográfica de cidades como Sevilla, além das ferramentas tecnológicas e estudos que o país dispõe para enfrentar o problema cadastral.

Ainda nesta terça, (11) todos seguem para a cidade de Granada, onde Simpósio Iberoamericano de Cadastro.

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email