Início » Corregedoria » Inquéritos policiais parados há mais de 180 dias podem receber movimentação de arquivamento por correção de acervo

Inquéritos policiais parados há mais de 180 dias podem receber movimentação de arquivamento por correção de acervo

 
 

A Corregedoria Geral de Justiça do Estado do Piauí, com o objetivo de determinar providências para o bom andamento dos serviços judiciário de 1º Grau, editou o Provimento nº 50/2020 que autoriza a movimentação de arquivamento por correção de acervo nos inquéritos policiais tramitando entre as Delegacias e o Ministério Público com movimento de remessa dos autos há mais de 180 dias.

Para que os inquéritos policiais recebam a movimentação de “arquivamento por correção de acervo”, e sejam retirados das estatísticas de processos paralisados na unidade é necessário que, além do prazo mínimo de 180 dias desde a emissão para a Delegacia ou Ministério Público em que o inquérito esteja parado, a unidade judicial responsável já tenha expedido ofício requisitando sua devolução.

Após a realização dos procedimentos de movimentação pela unidade, a relação dos inquéritos não devolvidos e arquivados por correção de acervo deverá ser encaminhada para a Corregedoria Geral do Ministério Público e da Polícia Civil.

As movimentações de arquivamento por correção de acervo não geram efeitos processuais, por se tratar de medida exclusivamente administrativa e visam regularizar as estatísticas das unidades judiciais, de modo a restabelecer os índices corretos de produtividade e metas do Judiciário piauiense e a precisão dos dados repassados ao Conselho Nacional de Justiça.

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email