Início » Corregedoria » Com mais de 250 casais, casamento comunitário da Cidade Junina é o maior do Piauí

Com mais de 250 casais, casamento comunitário da Cidade Junina é o maior do Piauí

 
 

 Assessoria Cidade Junina

Ao todo, 253 casais estiveram reunidos nesta segunda (17), no auditório do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), para assinatura do termo de compromisso matrimonial do casamento comunitário que será realizado na 25ª Cidade Junina, nesta sexta, dia 21 de junho. O evento é resultado de uma parceria que já dura cinco anos entre o TJ-PI e a Fundação Maria do Amparo Alencar.

A celebração será a maior do Estado, como explica o juiz auxiliar da vice-corregedoria do TJ-PI, responsável pela Justiça Itinerante, Mário César Cavalcante. “Como é tudo gratuito, de fácil acesso e rápido, a demanda é muito grande. Inclusive, este casamento, creio eu, vai ser o maior que já aconteceu no Piauí, o que significa que a Justiça Itinerante está sempre ampliando os serviços e trazendo a cidadania para a população”, afirma.

Entre os casais que serão beneficiados com a ação, estão Antônio de Sousa e Maria Nazaré dos Santos, que vivem juntos há 50 anos e têm quatro filhos. Depois de décadas juntos, eles decidiram oficializar a união. “Já passou muito tempo e chegou a hora de a gente oficializar. Procuramos a Justiça Itinerante e eles nos direcionaram para a Cidade Junina. Achamos uma excelente ação, é tudo pago e evita a gente gastar dinheiro”, ressalta o aposentado.

O casamento comunitário acontecerá na arena do Shopping Rio Poty, a partir das 18h, com marcha nupcial, buquê paras as noivas, banda musical e muita animação. Para a organizadora geral da Cidade Junina, Christianne Alencar, ao inserir o casamento coletivo no evento, a Cidade Junina alia cultura e cidadania. “Tem muitas pessoas que sonham oficializar a união, mas não conseguem por conta do alto custo de um casamento. Na Cidade Junina, centenas de casais conseguem se casar sem gastar nada e com uma festa muito linda e animada”, enfatiza ela.

Além de casamentos coletivos, a Justiça Itinerante atua na resolução de causas não conflituosas de forma ágil e sem demora do judiciário em trâmite normal. São oferecidos serviços como reconhecimento de paternidade, retificação de registro civil de nascimento, casamento e óbito, divórcio consensual, homologação de acordo de pensão alimentícia, restauração de assento de nascimento, reconhecimento e dissolução de união estável, suprimento/justificação de óbito, entre outras de natureza consensual.

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email