“Memória Viva”: desembargador Augusto Falcão é entrevistado desta quarta-feira (25)

 
 

O desembargador aposentado Augusto Falcão Lopes é o entrevistado da próxima quarta-feira (25) do projeto “Memória Viva: Resgatando a memória do Judiciário Piauiense”. A entrevista, conduzida pelo desembargador Luiz Gonzaga Brandão, decano do TJ-PI e presidente do Programa Gestão Documental, Memória e História do Poder Judiciário do Estado do Piauí (Prodoc), será transmitida ao vivo, a partir das 10h, no canal oficial da Escola Judiciária do Estado do Piauí (Ejud-PI) no YouTube.

O projeto tem como objetivo ajudar a resgatar a memória do TJ-PI por meio do registro de testemunhos de desembargadores, juízes e servidores. Conforme calendário estabelecido, os encontros serão realizados todas as quartas-feiras, sempre às 10h, ao vivo, via YouTube, sendo posteriormente liberadas para acesso dos interessados.

As atividades do Núcleo de Memória Judicial são importante ferramenta na consolidação da identidade do Poder Judiciário e contam como o apoio da Presidência do Tribunal, Corregedoria Geral da Justiça, Vice-Corregedoria e da Escola Judiciária, que têm fornecido subsídios e estrutura para o desenvolvimento das atividades.

Entrevistado

O desembargador Augusto Falcão Lopes nasceu em Teresina, em 11 de janeiro de 1943. Filho de Pedro Falcão Lopes e Zelina Assunção Silva. Graduado pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Piauí em 1968. Exerceu, de junho de 1970 a março de 1971, o cargo de Advogado Geral do Estado do Piauí. Ingressou na magistratura por concurso público, em 28 de junho de 1972, como juiz da 9ª Zona Judiciária, em Bom Jesus. Foi acessado ao cargo de desembargador do TJ-PI em 28 de dezembro de 1990, sendo empossado no dia 07 de fevereiro de 1991. Foi vice-presidente e corregedor eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral – 1992/1993; presidente do Tribunal Regional Eleitoral – 1994/1995; corregedor-geral da Justiça – 1996/1997; presidente do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado do Piauí – 1998/2000. Professor de Direito Penal na Escola Superior de Magistratura do Piauí. 

Compartilhe:
Print Friendly, PDF & Email